Atrasos na fala

Atrasos na fala e na linguagem são comuns entre crianças em idade pré-escolar e crianças pequenas, algumas crianças recuperam o atraso sem intervenção, mas algumas podem precisar de uma ajudinha extra para atingir seus marcos. A Intervenção Precoce é uma abordagem que consiste em uma variedade de estratégias que os Fonoaudiólogos, Professores e Pais podem usar para ajudar a apoiar o desenvolvimento da fala e da linguagem de seus filhos prontos para entrar na escola.

Desenvolvendo a linguagem por meio da brincadeira

Brincar é uma parte importante do desenvolvimento da fala, da linguagem e da comunicação de seu filho. As crianças podem explorar o mundo ao seu redor por meio de brincadeiras e entender mais sobre como as coisas funcionam ao seu redor. Ao brincar com seu filho, certifique-se de que a brincadeira seja conduzida por uma criança, siga a liderança de seu filho nas atividades que eles estão interessados em fazer. Sente-se por um momento e observe o que seu filho está fazendo e, em seguida, tente seguir a liderança, pois isso reforça a ideia de deixar seu filho liderar.

Atividades lúdicas

• Jogo Exploratório – Colete uma variedade de objetos e materiais diferentes e coloque-os em uma bolsa. Os materiais podem variar em tamanho, forma e textura. Incentive seu filho a colocar a mão na sacola, sentir ao redor e puxar um objeto. Fale sobre o objeto com seu filho e explore como usá-lo, torne a atividade divertida batendo objetos uns nos outros ou escondendo-os embaixo do outro, incentivando seu filho a encontrá-los.


• Brincadeira de fingir  – Encontre uma variedade de objetos do dia a dia que você e seu filho usam. Isso pode incluir xícaras, colheres, pratos, pincéis, flanelas e peças de roupa. Use-os para fingir que está realizando a ação apropriada com seu filho, ou seja, escovar o cabelo, beber do copo. Incentive seu filho a copiá-lo.


• Brincadeira Simbólica – Brincadeira simbólica é quando uma criança usa uma coisa para representar outra. Seu filho pode ter um bloco de construção e fingir que é um telefone ou algo para comer. Primeiro você e seu filho podem representar situações cotidianas e, em seguida, apresentar brinquedos para representar o objeto real. As crianças precisam vivenciar o jogo simbólico, pois isso as ajuda a entender que algo pode representar outra coisa.

Existem muitos tipos de brincadeiras com as quais você pode envolver seu filho, mas é importante lembrar que a maneira como você interage com seu filho durante essa brincadeira, bem como no dia a dia, ajudará a desenvolver suas habilidades de fala, linguagem e comunicação.

Listadas abaixo estão algumas estratégias principais que você pode usar durante as brincadeiras, bem como nas atividades diárias para ajudar a desenvolver a fala e o desenvolvimento da linguagem de seu filho.

Modelagem

As crianças aprendem novas palavras e sons ouvindo as pessoas ao seu redor. Portanto, é importante garantir que estão ouvindo bons modelos dessas palavras e sons.


• Quando estiver conversando com seu filho, aponte ou segure os objetos sobre os quais você está falando, para que ele possa fazer a ligação entre a palavra e o objeto.


• Repita o que seu filho diz, mas tente usar uma frase estruturada corretamente, se seus sons não forem claros, repita-os também.


• Ao modelar a linguagem de seu filho, você pode adicionar uma ou duas palavras para expandir seu idioma.


• Use frases curtas e simples com 2 ou 3 palavras mais longas do que as que a criança usaria.


A repetição também indica que você entendeu o que a criança comunicou.

Exemplos de modelagem
Criança diz: bar (para carro)
Adulto diz: sim, é um carro
Para encorajar frases mais longas
Criança diz: tup do papai
Adulto diz: Sim, xícara do papai. O copo do papai é grande

Marcação

Enquanto segue a orientação do seu filho, identifique os objetos que ele está olhando ou segurando. Ao rotular / nomear o objeto, você está ajudando a criança a relacionar esse rótulo verbal ao objeto real. Muitas repetições do rótulo ajudarão a reforçar isso com seu filho e a tornar essa conexão mais forte; também fornecerá um bom modelo para que eles imitem. Se o seu filho não lhe dá muito contato visual, você pode tentar trazer o objeto no qual ele está interessado até o seu rosto e depois rotular / nomear a palavra.

Questões

As perguntas são importantes para desenvolver a compreensão da criança, mas nem sempre podem ser úteis se não estiverem relacionadas com a linha de pensamento de seu filho, pois eles podem ter dificuldade em ouvir informações não relacionadas. É importante tentar monitorar o número de perguntas que você usa ao tentar desenvolver a linguagem de seu filho. Durante as brincadeiras e as interações do dia a dia, muitas perguntas e instruções significam que o adulto está guiando, não a criança.


• Ao fazer perguntas ao seu filho, mantenha-as simples e relacione-as com o que a criança está fazendo ou olhando


• Dê à criança tempo suficiente para responder à sua pergunta, pois ela precisa de tempo para planejar o que vai dizer. Além de fazer perguntas, você também pode comentar sobre o que seu filho está fazendo, explicando o que ele está fazendo ou expandindo suas frases adicionando algumas palavras extras.

Escolha

As escolhas são uma excelente forma de incentivar seu filho a se comunicar e usar a linguagem para dizer o que ele deseja / precisa.
Por exemplo, “Você quer leite ou água?”
Ao oferecer uma escolha, você está mostrando ao seu filho como as palavras soam, você está modelando a linguagem para ele e dando-lhe a oportunidade de se comunicar. Você pode usar qualquer atividade para praticar escolhas, incluindo escolher entre lanches, livros, DVDs, brinquedos e atividades. Se seu filho não estiver usando sons são palavras, incentive-o a apontar o que deseja e depois rotule a palavra novamente para reforçar o modelo.